Menu

RELATO - FRANCISCO DE ASSIS BARROS - CE

20 DEZ 2013
20 de Dezembro de 2013
AOS  7 OU 8 ANOS,  NO ANO DE 1977 OU 1978, EU ERA ATORMENTADO COM VISÕES DE SERES GIGANTESCOS COM RABO,  CHIFRE E GARFÃO DENTRO DE CASA, QUANDO ANOITECIA, A FREQUÊNCIA  ERA MAIOR NA MADRUGADA. QUANDO  IA DORMI, ALGUÉM TINHA QUE CANTAR, PRA EU DORMIR. AS VEZES ESTAVA SENDO BALANÇADO E ELES ESTAVAM CORRENDO NAS TELHA E NAS PAREDES.  

GERALMENTE ACORDAVA NA MADRUGADA E VIA E OUVIA OS NOSSOS IRMÃO DA BAIXA ATMOSFERA. ERA UM TERROR. AS VEZES  GRITAVA ACORDAVA TODOS DA CASA. AS VEZES NÃO CONSEGUIA GRITAR.  DORMIA E AINDA DURMO COM O LENÇOL ENROLADO COM VENDAS NOS OLHOS E OUVIDOS. NA ÉPOCA  ME LEVARAM EM UM CASA DE UMBANDA; QUANDO O CABOCLO OLHOU PRA MIM E  DISSE; ELE NÃO É DESSA LINHA. HÁ COMO EU ERA LAPIDADO. QUANDO ANOITECIA JÁ FICAVA NERVOSO. 

A SOLUÇÃO APARECEU: DEFRONTE DA CASA, QUE EU MORAVA, TINHA UM SENHOR QUE TOCAVA VIOLÃO E CONTAVA HISTORIA PARA AS CRIANÇAS. AS CRIANÇAS FICAVAM SENTADAS NO CHÃO E ELE EM UMA CADEIRA. ELE FALAVA DAS ESTRELAS E DO QUE IAM  ACONTECER NO FUTURO. ELE FALOU; ESCUTEM  BEM!! EM UMA NOITE VOCÊS VÃO ESTAR DORMINDO MAS NÃO ESTARÃO DORMINDO, E UM HOMEM COM UMA ROUPA BRANCA  E CHAPÉU  BRANCO TERÁ UM ANEL E VAI MANDAR TIRAR, E QUEM TIRAR VAI SER MUITO FELIZ. EM UMA NOITE EU ESTAVA DORMINDO  COM O LENÇOL ENROLADO NA CABEÇA, COBRINDO OS OLHOS E OUVIDOS. 

FOI QUANDO DEU UMA VONTADE DE OLHAR, EU ESTAVA DORMINDO E NÃO ERA DORMINDO. UMA LUZ APARECEU E DENTRO DESTA LUZ ESTAVA UM HOMEM TODO DE BRANCO COM UM CHAPÉU E ELE ESTAVA SORRINDO E VEIO SE APROXIMANDO DA REDE QUE EU ESTAVA DEITADO, ELE BAIXOU UM LADO DA REDE E APROXIMOU-SE DE MIM, A SUA MÃO QUE ERA ENORME E TINHA UM ANEL. ELE DISSE: TIRE-O, FOI UM VOZ DE TROVÃO, EU PEGUEI NA SUA MÃO QUE PARECIA ALGODÃO E CONSEGUI TIRAR O ANEL E ELE  SUMIU. 

FOI MUITO BONITO, DAI EM DIANTE, OS SERES QUE APARECIAM  ERAM DE APARÊNCIAS DE PESSOAS. JÁ NÃO ASSUSTAVAM TANTO. EM POUCO TEMPO FOMOS  MORAR EM OUTRA CASA PERTO DESTA. COMECEI  A SONHAR COM DISCOS VOADORES, ERA MUITO BOM. 
AS MINHAS IRMÃS ME TINHAM COMO UM MENINO DOENTE, PORQUE EU MOSTRAVA OS SERES E ELAS NÃO VIAM NADA. A MINHA FAMÍLIA  NÃO TINHA CULTURA RACIONAL. AGORA EU ENTENDO UM POUCO O TRABALHO DOS NOSSOS IRMÃOS DA BAIXA ATMOSFERA E AGRADEÇO.  AGRADEÇO AO MESTRE POR TER ME AJUDADO MUITO. NÃO TEM PALAVRAS E MUITO MENOS VALOR MATERIAL PRA PAGAR O QUE FOI FEITO PRA ME SALVAR.

www.universoemdesencanto.com.br
Voltar
visitas

Site Oficial PortalMusicaRacional.Com.br - Reservados Todos os Direitos - Produzido por Wander Almeida

Tenha você também a sua rádio